quarta-feira, 30 de abril de 2008

terça-feira, 29 de abril de 2008

3º Dia - Oceanário e Teleferico

Depois de dormir umas poucas horas, seguimos para a região onde foi e será a casinha de Helena, encontrar com a filha dela, encontro este muito esperado por nós pois eu levava comigo os tão desejados bikinis dela, e eu por matar minha curiosidade em saber se ela realmente linda como nas fotos, e vi ela era ainda mais linda do que nas fotos, dai seguimos para o almoço, eu por alguma razão desconhecida ando sem apetite, deve ser o fuso que ta me deixando doida….

Seguimos, apenas eu e H, para o oceanário, que segundo informações é o maior da Europa, ela teve a ideia de deixamos o carro um pouco afastado e seguimos de metrô, visto que eu nunca havia andando em um, mas mesmo assim a parada deste ainda é longe do oceanário, caminhamos mais uns 10 ou 15 mins, e chegamos em fim, o lugar como dá para ver nas fotos é maravilhosoooo… peixes lindos, medusas, anêmonas, tubarões, raias, de tudo, inclusive pinguins, lindinhos, todos com ovos, uma maravilha, o local onde eles ficam só cheira a sardinha..rsrs, e tem barras de gelo que se confundem com as pedras, muito legal mesmo, é uma emoção muito boa, ver essas coisas que estão fora do nosso dia-a-dia. A imensidão dos aquários chega a dar impressões que estamos dentro do mar de verdade, espectacular!

Percebi então que H, estava se demorando no oceanário, rsrsrs, descobri q ela tem medo de altura e que queria q ficasse escuro para que não desse tempo de ir no teleférico, doce ilusão dela, sai dela e levei ela quase que correndo para o bonde, ela quase faz xixi na roupa, mas depois se acalmou.rsrs, é muito rápido aquilo, optamos por causa do medo dela, de só ir no teleférico e a volta, caminhando, se não fosse pela sugestão dela mesma de ter deixado o casaco no carro, teria sido um passeio melhor, visto que o vente frio mas parecia uma navalha me cortando.

O bom de se estar num local onde ninguém nos conhece, é que nos permitimos certas coisa que não ousamos em nossa terra natal, então resumindo, vida de turista é boa demais!!! Rs..

Até amanhã sobre o relato das comidas que a Bia tem feito, MA-RA-VI-LHO-SAS!!

Fotos do Oceanario












Vídeos do Oceanario

video

video

video

segunda-feira, 28 de abril de 2008

1º Dia - Boca do Inferno e Cabo do Roca

Já dentro do avião todo medo passou, o que veio foi a ansiedade de chegar logo e a raiva de não ter me comprado um livro ou uma revista, o que na verdade foi até bom, pois acabei vendo no avião dois filmes que eu estava querendo ver muito mas que como sempre não havia chegado nos cinemas paraibanos, Juno e qualquer coisa com Ana Maei, esqueci o nome...rsrs, mas como mesmo assim ainda me sobrava tempo sem fazer nada, fiquei mexendo no controle da mini-tv e descobri uma rádio brasileira, chamada biscoito fino ( nome da gravadora de Maria Bethânia) A-D-OR-E-I, um repertório maravilhoso de mpb, porém ao fim de meia hora tudo começa a repetir, “ow pá coisa chata!”

Lá pelas 5:40 daqui, cheguei finalmente em Portugal, mais duas horas de burocracia e finalmente conheci Helena, eu que nunca havia passado por nada igual, tive uma sensação estranha, não sei definir, mas conhecer tão bem alguém sem nunca tê-la visto foi muito estranho, mas muito gostoso! Me levaram para casa, pois eu estava um bagaço humano, a maquiagem de 9hs antes já não existia, a roupa toda amarrotada e umas olheiras enormes..

Domir até as 12hs daqui, e acordei como se um trator tivesse passado por cima de mim, mas não me deixei vencer, seguimos para um passeio pelo litoral, onde fui ver um casino (assim mesmo com um S) tem um área muito linda para fotos, tirei algumas, e depois a um local chamado boca do inferno, que são rochas dentro do mar, tem esse nome porque quando a água do mar entra lá faz um barulho enorme, e depois seguimos a cabo espichel, que é um mirador, há um castelo lindo, fechado para turistas uma pena, o bom é que a paisagem linda cobre este defeito, neste tem turistas de todas as nacionalidades, realmente muito bonito, e infinitamente frio, pois é em cima de uma montanha, quase congelo, com certeza lá deu uns 9 graus, da para imaginar o quanto eu sofri neh?

Fotos abaixo.

Fotinhas de ontem

Apenas fotos poque acordei agora de meio dia aqui e já tenho coisas a fazer, aliás passios a fazer.
é só clicar na foto para ver elas maiores.

boca do inferno
Este campo com as flores nãp lembro o nome, sei apenas que é muitoooooo frio lá!
até mais tarde, para narrar este passeio.

domingo, 27 de abril de 2008

Saindo de Casa

Depois de vários dias de preparação, muita conversa, e muito dinheiro gastado, minha mala estava pronta, carona arrumada e ansiedade a mil, até dançar eu dançava de louca que estava, Thayse que o que diga que acompanhou e aguentou esses processos.

Mas o que não me saia mesmo da cabeça, era se eu chegaria mesmo ao meu destino, ou voltaria da alfândega, depois de passar 8hs num avião, pensava em mil coisas mais apenas isso

Não saia da mente que estava a mil.

A viagem para recife foi tranquila, claro que a tensão da marinheira de primeira viagem, eu guardei num local que eu só eu via e segui, feliz e sorridente, até o momento que tive que me separar do “meu” Brasil, que naquele momento era representado por Luciano, Thayse e Letícia, ali sim eu tremi as penas r cogitei durante um segundo sair correndo, mas novamente sufoquei o medo e segui para o embarque, dai pra frente foi tudo novo, que ficará para o próximo poste, pois já é 01:15 da manhã aqui e eu to caindo de sono.

Uma fotinha pra ficar com água na boca do próximo relato.



Blogspot Template by Isnaini Dot Com